LONDRINA / PR - segunda-feira, 20 de agosto de 2018

TATUAGENS E RISCOS

 TATUAGENS – quais os riscos?


border=0

As tatuagens perpetuam na pele um momento especial, um amor e até uma convicção política. Mas o tempo passa a vida muda e, elas podem perder o significado de antes, tornando indesejáveis.

Há alguns anos atrás a saída era apenas a retirada cirúrgica ou a dermoabrasão (LIXAMENTO DA PELE SOB ANESTESIA).

Como em qualquer cirurgia, há o problema de infecções das cicatrizes, e em locais como ombros e tórax, podem se tornar bastante inestéticas, com cicatrizes hipertróficas (elevadas).


Atualmente, já é possível apagar tatuagens sem deixar as cicatrizes do passado, utilizando-se o laser, método mais moderno para esta finalidade. O tratamento é feito em várias sessões, cujo número vai depender do tamanho da tatuagem, da profundidade do pigmento na pele e, também, da cores utilizadas nos desenhos – porém é caro e demorado.

A tinta negra é a cor mais utilizada, seguida pela azul, verde e vermelha e, depois, amarela e laranja. Tatuagens mais recentes apresentam uma maior variedade de cores, incluindo tons de rosa, roxo e cores fluorescentes. Nestes casos, para destruir seletivamente todas as cores da tatuagem pode ser preciso utilizar mais de um tipo de laser, pois cada laser atinge uma gama de cores específica.

O tratamento é bem suportado. Para atenuar o incômodo das aplicações pode ser utilizado um creme anestésico (uma hora antes da sessão).

O tratamento não é mágico. Muitas vezes, não é possível remover toda a tatuagem, pois pigmentos mais profundos persistem deixando uma sombra do que foi a tatuagem. A remoção completa, a pele tratada fica mais clara do que a pele ao redor, como uma mancha esbranquiçada, que pode ser transitória ou não. Hiperpigmentação também pode acontecer, deixando a pele mais escura que a pele não tratada.

Cuidado com o pigmento vermelho e marrom. Se for utilizado o óxido de ferro como pigmento, muito comum em pigmentações de sobrancelhas, ele pode escurecer, tornando-se negro após o uso do laser.



Pensando em se tatuar? Veja nossas dicas


è 50% das pessoas que fazem uma tatuagem desejam removê-la em algum momento da vida;

è Preconceito, indivíduos tatuados podem não ser bem recebidos por algumas pessoas, que costumam criar uma barreira ao emprego, enxergando, os tatuados, como imaturos ou anti-sociais;

è Remoção de tatuagens é um tratamento difícil, caro e demorado, seguem algumas dicas:

Procure sempre profissionais capacitados e conheça o seu trabalho antes de se tatuar.

Verifique se o estabelecimento tem aprovação da vigilância sanitária e tenha alvará.

Comece com uma tatuagem pequena – com pigmentos pretos e azuis escuro (mais fáceis de serem removidos) . Evite tatuagens multicoloridas, são de mais difícil remoção.

Escolha um local de visualização restrita, que seja fácil de ser escondido pela roupa.

Faça o agendamento de suas consultas online. Clique ao lado para ver os horários disponíveis.

Marcar consulta